Blogoosferando: Diário de uma estudante de Direito - Especial

- See more at: http://blogsdesucessos.blogspot.com.br/2012/10/pop-up-like-box-facebook-blogger.html#sthash.6bFcsH3N.dpuf
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Diário de uma estudante de Direito - Especial

Filme - A Ilha

Sinopse  - O filme é retratado  no ano 2050, onde  muitas pessoas vivem em um grande complexo  na desculpa dos administradores de serem os únicos que sobreviveram a um ataque de um vírus mortal que atacou toda a Terra. O único lugar no planeta onde esse vírus não chega é um lugar paradisíaco chamado de A Ilha, e as vezes um morador ganha a "loteria" e vai para esse local como prêmio. É quando o ingênuo Lincoln Six-Echo (Ewan McGregor), após se despedir de um amigo segue um estranho espécime (uma borboleta) e descobre a parte secreta do complexo. Lá ele vê uma cena chocante: os médicos do complexo estavam realizando um parto , em uma mulher que  tinha sido ' mandada ' para a ilha , pois iria dar a luz , e após realizarem o parto , dão uma injeção que leva essa mulher a morte .Quando Jordan Two-Delta (Scarlett Johansson), por quem é apaixonado, ganha a loteria, ele faz uma corrida contra o tempo para salvá-la. Após buscar sua amiga no quarto , os dois correm dos administradores , que tinham dado um alerta que os dois estavam infectados , mas conseguem sair do complexo . Com a ajuda de um amigo , descobrem que os moradores do complexo são, na verdade, clones idênticos a pessoas no mundo lá fora. Pessoas que podem pagar para ter um corpo reserva se precisarem de uma parte dele. E a tal ilha não existe, era uma desculpa para serem levados pelos médicos e serem mortos quando o seu eu verdadeiro requisitasse.Então Lincoln Six - Echo e Jordan Two - Delta saem pelo mundo desconhecido e ao contrário do que eles pensavam, habitado. Jordan então descobre que fora mandada para a ilha por causa de uma doença contraída por sua eu verdadeira, uma famosa atriz de cinema; e Lincoln descobre seu eu verdadeiro, um projetista famoso, rico e fútil, que sofre de cirrose hepática. Aí começa sua jornada para salvar os clones desta enrascada idealizada e administrada principalmente pelo inescrupuloso Dr. Merrick (Sean Bean).



                                                        


                                            Ano de exibição   : 2005
Duração :  136 minutos
Dirigido por : Michael Bay
Gênero : Suspense , ação , ficção cientifica



Eu já tinha assistido esse filme a alguns anos atrás ,  e no dia 2/ setembro , meu professor de Direito civil passou o filme na faculdade , então essa resenha  é especial , vou tentar relacionar este filme ao Direito e até mesmo a filosofia , então vamos lá .
Para agilizar pequei a sinopse no Wikipédia , e dei uma modificada , por que pelo amor de deus , está cheia de erro .

Os efeitos especiais são bastante legais , muitas explosões e tiroteio , mas o que nos interessa realmente é o significado por trás de tudo isso , muitas pessoas assistiram esse filme pensando que era apenas mais um filme de ação , porém não é bem assim , esse filme é muito complexo .

Pra começar vou falar da primeira coisa que lembrei quando assisti de novo esse filme , que foi O mito da caverna de Platão .

A Relação entre o Mito da caverna de platão e o Filme A Ilha , é que ambos retratam a vida de pessoas que estão presas a um mundo e estão condicionadas  a viver só naquela realidade , e a ter medo do mundo lá fora, porém ambos também retratam personagens que começam a se questionar sobre certas coisas, e que lutam para saber a verdade, e conseguem ver que o mundo é bem diferente do que pensavam. Isso refere ao fato de que muitas pessoas se prendem às suas crenças e ignorâncias e deixam de ver o mundo como ele é, deixam de enxergar  outras pessoas como igual .

Outro ponto interessante do filme , é que eles são tratados como produtos . Para os Patrocinadores  é passado que , vão apenas fazer um organismo , onde não vai ser ligado a vida nenhuma , vai ser feito em laboratório e vai ficar ali esperando algo acontecer . E é muito falado no filme que " Qualquer um faz , qualquer coisa para viver " e é verdade , aquelas pessoas , mesmo que não sabendo que estavam fazendo clones , eles queriam viver mais e fariam e gastariam qualquer coisa pra isso .

Pra costurar essas duas idéias, vemos que lá atrás platão já enxergava  muito bem as pessoas  , vivemos em um mundo de alienação e quando algo ou alguém sai dos padrões , é totalmente massacrado pela grande massa . E se você assistiu o filme , você vai ver que o patrocinador  do Lincoln Six - Echo , se sentiu em uma competição com o protagonista , pois ele chega na casa dele , com uma moça muito bonita , que é a clone de uma grande modelo . Ele poderia ter ajudado seu clone , mas pra não se sujar com a policia e pensar só nele mesmo e em momento algum pensar no outro como igual , preferiu tentar entregar o clone dele para os responsáveis .

Agora , Relacionando o Filme A Ilha com o Direito , e mais especificamente com o Direito Civil , o que acontece ali é uma violação aos direitos da Personalidade , e o que é Direito da Personalidade ?

São direitos necessários,  pois são inatos, adquiridos no instante da concepção. São, portanto, vitalícios, perenes, perpétuos, protegidos após o falecimento. E imprescritíveis, porque sempre poderá o titular invocá-los, mesmo que por largo tempo deixe de utilizá-los.

Sendo assim, não se extinguem pelo seu não-uso e nem seria possível impor prazos para sua aquisição ou defesa, pois todos os direitos da personalidade são tutelados em cláusula pétrea constitucional.

Os direitos da personalidade destinam-se, basicamente, a resguardar a dignidade humana , em regra geral, os direitos da personalidade dividem-se com base nos critérios corpo/mente/espírito, sendo classificados em ; Integridade física , Integridade intelectual e psíquica , Integridade moral.

O que acontece no Filme , é uma violação aos direitos mais básicos . Eles criam clones , os enganam  , mexem totalmente com o seu psicológico deis da concepção , os criam como gado prontos para o abate, e quando algum de  seus patrocinadores , precisa de alguma parte do corpo do clone , os matam , sem um pingo de sensibilidade , como se não fossem humanos .


É um filme que nos faz pensar , o indico pois precisamos sair de nossas cavernas , ver muito além do que nos mostram .

Beijinhos , Babi carvalho .

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Anúncio